Archive for Abril, 2008

sonho

26/04/2008

 

      RESPIREI FUNDO

     FECHEI OS OLHOS

      E ABRI AS MÃOS !

Tive vontade de fumar um cigarro e de repente o sono surpreendeu-me brutalmente

e desci ao BURACO sombrio do SONHO da minha infância !

Sonho obsessivo, repetitivo até á exaustão…

 

Anúncios

ENTRE

25/04/2008

– J´AI BESOIN D´UN BERCEAU ENTRE CIEL ET TERRE,

OÚ JE PUISSE CACHER MA TÊTE SOUS MON AILE…

ET ÉCHAPPER AUX AGRESSIONS DES BRISEURS DE RÊVES….

apenas

23/04/2008

ESTOU VAZIA DE QUALQUER IDEIA!

Este estado não se manifesta apenas no desaparecimento de toda a espécie de sensações ou sentimentos, nem sequer no facto de as minhas ideias me abandonarem; é sobretudo quando um pensamento aflora à minha consciência e me incomoda e me irrita e me desespera…

JÁ NÃO EXISTE MAIS ESFORÇO…

APENAS A CONSCIÊNCIA DO MEU CANSAÇO…

já vou

15/04/2008

 

Era só abrir os olhos !

Já não tem o que teve, que o que teve não ficou para durar…

-Por favor, será possível adiar ?

E chorou, e eu chorei…

Viro costas e desato a correr…

E estou cheia, cheínha de saudades dela…

vida…

11/04/2008

Agora passa os dias enfiada na cama, de porta fechada.

O cheiro é horrível.

Ali a um canto do roupeiro, dentro de um saquinho de pano, as bolas de naftalina vão largando o seu odor que se espalha pela casa.

Já nem se lembra como se divertia quando fazia uma caçada às traças.

Está a ceder ao peso da velhice e despede-se da VIDA e pede desculpa de não ter acabado com as traças.

Os seus olhos são os mais bonitos do mundo…

direitos?

10/04/2008

 

 

Claro que sei que os meus direitos acabam onde começam os direitos dos outros!

Mas… que culpa tenho eu que os direitos dos outros comecem tão LONGE ?

amizade

10/04/2008

A AMIZADE DUPLICA A NOSSA ALEGRIA E DIMINUI O NOSSO DESGOSTO.

EU PROCURO SER AMIGA DOS QUE DESPERTAM EM MIM SENTIMENTOS DE ALEGRIA.

ELES SÃO UM TESOURO DE VALOR INCALCULÁVEL NA MINHA VIDA.

hum!!

08/04/2008

-Os meus colegas olham-me como se eu fosse um “bicho raro”!

 Não ter NET não é ser bicho raro !!!!!!

-Isso sei eu, É SER ESTÚPIDO.

T.P.C.

07/04/2008

    TERÇA-FEIRA:

RESMAS DE  T.P.C.

          – matemática – HGP – ciências

e, a adicionar  + INGLÊS  PARA O DIA SEGUINTE

mandado pela prof. de estudo acompanhado que é a mesma.

RESULTADO : 11 horas da noite ainda vai a meio com o inglês…

CABEÇA TOMBADA SOBRE A MESA E OLHOS VERMELHOS DE CANSAÇO…

A mãe escreve uma nota na caderneta a pedir desculpa e que o trabalho só será entregue na próxima aula.

QUARTA-FEIRA:

-Então, a professora zangou-se?

-Ó mãe não te preocupes que a professora nem sequer viu nem pediu os T.P.C. e eu também não disse nada. Nem foi preciso mostrar a caderneta! Desta vez safei-me…

 

 

respirar

06/04/2008

 

Ponho as MÃOS à volta da garganta.

Sinto-me VIBRAR!

É como se estivesse a MUDAR de forma…

Devagar, devagarinho…

Falta-me o AR, falta-me a LUZ !

Afasto as mãos e SINTO o regressar da minha reserva de oxigénio,

por forma a poder RESPIRAR…

escuro

06/04/2008

 

 AQUI ESTÁ ESCURO.

Chove quase todos os dias, e é por isso que aqui, mais do que em qualquer outro lugar do mundo

EU ME SINTO ACONCHEGADO…

IMPULSO

05/04/2008

 

 

 

 

 

 

               SOU UMA DESASTRADA !

               FOI SEM QUERER…

               É SEMPRE SEM QUERER !

TEVE DE SER ASSIM…

NÃO ME LARGAVA AQUELA ESTÚPIDA CULPA DE QUALQUER COISA QUE NÃO ESTAVA CERTA !

AQUELA DOR QUE ME TOLHIA… E ME MAGOAVA TANTO !

RASGUEI A PÁGINA

E ESTOU CHEIA DE REMORSOS…

SÓ DE OLHAR

05/04/2008

        

 

                                                     

 

 

 

 

 

                            PAPOILAS

                    MUITO ENCARNADAS

                    MUITO ENCARNADAS

                ESTREMECEM-ME OS OLHOS

                SÓ DE OLHAR PARA ELAS… TÃO BELAS !

                FICO ASSIM… COMO TONTA

ARRANCO UMA FOLHA, AQUI DESTA PAPOILA,

E MARCO A PÁGINA DO LIVRO

QUE TENHO AQUI NAS MÃOS…

doux plaisir

04/04/2008

                                             373663360_fa6dee45eb_m1.jpg

ET FUMONS, FUMONS…..

DE TOUTE FAÇON

CHAQUE JOUR

JE MEURS UN PEU…

peur

04/04/2008

          ´                                                                       194099910_3e5c26b0c1_m1.jpg

            Je suis décidée à affronter mes PEURS !

Je comprends tout, et je ne comprends rien…

Infâme cette vie de merde qui m´arrache les sentiments au plus profond de moi-même !

     

triste

02/04/2008

                                                              414645501_594c174d62_m1.jpg

                    Quando sinto pena de alguém quero ajudá-lo.

 E é quando me apercebo que isso nem sempre é possível porque muita gente precisa de ajuda.

                    Para onde quer que olhe há alguém !

                    Milhões de alguéns…

vazio

02/04/2008

                                                                      266023914_79f75a84e0_m1.jpg

                              Bocejei, espreguicei-me e deitei-me de lado.

                              Finalmente as palavras saíram num murmúrio.

                              Não, não as vou repetir!

                              Não há nada para desenterrar.

                              Mesmo que eu quisesse, não há nada…