Archive for the ‘só para dizer…’ Category

para

06/02/2011

Os meus sentimentos são profundos de mais…

para lágrimas !

 

sorriso

26/01/2011

UM SORRISO QUENTE…

CHEIO DE PRAZER!

 

regresso…

08/01/2011

                                                                                                                    CÂMARA…LUZES… ACÇÃO!

AVENIR

01/10/2008

J´EN AI POUR BEAUCOUP D´ANNÉES AVANT D´AVOIR TOUT DIT !

JE VEUX RACONTER MES HISTOIRES COMME REDACTIONS.
ET PUIS LES DESSINER…
ET PUIS LES PEINDRE …

será?

10/09/2008
 

AFINAL O QUE IMPORTA NÃO É A SITUAÇÃO EM QUE SE POSSA ENCONTRAR UMA PESSOA,

POIS FREQUENTEMENTE NÃO DEPENDE DELA.

MAS, A MANEIRA COMO A PESSOA SAI DESSA SITUAÇÃO,

ISSO DEPENDE SEMPRE E APENAS DELA !

 

!

05/06/2008

          QUAL A MINHA MELHOR QUALIDADE ?

                 “O OPTIMISMO”

             ( MAS NÃO SE TRATA DE UMA QUALIDADE)

           -É SOBRETUDO UMA PRENDA QUE ME FOI DADA-

mar…

08/05/2008

As coisas que eu já ouvi dizer sobre o MAR…

Há mar e mar… tanto mar…

O mar é um nunca acabar…

Mar bravo…

Mar doce…

Mar suave…

Mar sujo e tão dorido…

Do que hei-de eu lembrar-me ?

Da frescura das ondas…

Sete ondas a embalar e mais sete para voltar…

ENTRE

25/04/2008

– J´AI BESOIN D´UN BERCEAU ENTRE CIEL ET TERRE,

OÚ JE PUISSE CACHER MA TÊTE SOUS MON AILE…

ET ÉCHAPPER AUX AGRESSIONS DES BRISEURS DE RÊVES….

vida…

11/04/2008

Agora passa os dias enfiada na cama, de porta fechada.

O cheiro é horrível.

Ali a um canto do roupeiro, dentro de um saquinho de pano, as bolas de naftalina vão largando o seu odor que se espalha pela casa.

Já nem se lembra como se divertia quando fazia uma caçada às traças.

Está a ceder ao peso da velhice e despede-se da VIDA e pede desculpa de não ter acabado com as traças.

Os seus olhos são os mais bonitos do mundo…

direitos?

10/04/2008

 

 

Claro que sei que os meus direitos acabam onde começam os direitos dos outros!

Mas… que culpa tenho eu que os direitos dos outros comecem tão LONGE ?

escuro

06/04/2008

 

 AQUI ESTÁ ESCURO.

Chove quase todos os dias, e é por isso que aqui, mais do que em qualquer outro lugar do mundo

EU ME SINTO ACONCHEGADO…

doux plaisir

04/04/2008

                                             373663360_fa6dee45eb_m1.jpg

ET FUMONS, FUMONS…..

DE TOUTE FAÇON

CHAQUE JOUR

JE MEURS UN PEU…

peur

04/04/2008

          ´                                                                       194099910_3e5c26b0c1_m1.jpg

            Je suis décidée à affronter mes PEURS !

Je comprends tout, et je ne comprends rien…

Infâme cette vie de merde qui m´arrache les sentiments au plus profond de moi-même !

     

frisson

30/03/2008

                                                                                    

    324752806_c987b0df49_m1.jpg                                         

Je fume en silence

Je me sens bien

J´éteins la lumière

Et j´ai des frissons.

La nuit est déjà bien avancée

La nuit est longue

Je caresse tous les moments

Jusqu´à la pointe du jour…

Nasci

20/03/2008
E assim nasce uma nova forma de comunicar!2295533352_32e6609af1_m1.jpg
O elemento principal “eu” tem por objectivo dissertar sobre tudo o que lhe der na real gana, dependendo do estado de bom ou mau-humor , da vontade de dizer ou não dizer, dependendo da hora, do dia , ou , até do estado do tempo. Sim… porque quando o vento está de Norte, não há quem ature esta alminha. A temperatura quere-se amena; nem fria nem quente….Equilíbrio…. Na ausência deste, tudo se torna num mal-entendido!